Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rua de Alconxel

Rua de Alconxel

14
Mar20

O que é que ele/ela tem?

jfsimas

Vi uns conselhos semi-oficiais sobre teletrabalho. Leio e aceito alguns, e não comecei agora, mas também é meu dever refletir e escolher dentro da liberdade de ensino.

Por exemplo, visitas virtuais a museus, apresentações em power-point. Também uso. Mas o que me dá gozo é ver as coisas no local, a várias dimensões e no contexto. E mais ainda, observar o espanto dos alunos perante um objeto, uma pintura, uma escultura, retrato, arquitetura,objetos de uso quotidiano de outras épocas, sobretudo quando as expetativas deles eram baixas, quando estão demasiado habituados à sociedade de consumo dos centros comerciais das pipocas nos cinemas, quando veem imagens aos milhares por dia, banalizadas, em sucessão rápida, sem deixar memória, interrogações e angústias até . Mais ainda, quando olham a segunda e a terceira vez e começam a descobrir novas coisas, a interpretar, a ter um prazer estético, superando aquilo que poderia ser esperado, vendo coisas que nós ainda não vimos, discutir e indicar diferentes pontos de vista, "certos ou errados". Para isso é preciso estar lá, em diálogo pessoal, interpessoal, com um caminho (um método), com simplicidade, contrariando o pronto a comer e deitar fora os restos. Também com tempo, pelo menos de vez em quando, preparando para o usufruto individual da vida fora da escola, para regressarem ou verem outras coisas.

Por isso também, não sou adepto do uso pouco crítico de manuais interativos já feitos, e com uma carga ideológica, só perceptível, se houver um pensamento crítico adquirido ao longo do tempo.

Porque hoje é sábado, numa semana de exaltação dos espíritos, de revelação de sentimentos escondidos, também não quero passar o tempo bombardeado por imagens, reportagens e palpites de toda a ordem que levam ao medo e paralisação das consciências e apetece-me ouvir música diferente da moda do dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo